quinta-feira, 13 de outubro de 2011

Temos Candidato


Tarde bastante quente no Rosário para receber a equipa do Milfontes Milfontes, muito publico nas bancadas. Entrou melhor a equipa da casa com um remate à queima-roupa para uma grande defesa de Nuno Pinoia. A pouco e pouco o Milfontes foi ganhando supremacia no meio campo  conseguindo empurrar o Rosairense para o seu reduto neste momento de melhor futebol do Milfontes, chega ao golo através de Tiago Sobral (min 19 ). O Rosairense avança no terreno conseguindo produzir mais futebol ofensivo, levando o Milfontes para a sua área defensiva. Num lance de perca de bola a meio campo por parte do Rosairense. O Milfontes por intermédio de José Luís Brito desfere um potente remate em arco a meio do meio campo do Rosairense anichando-se a bola no ângulo esquerdo da baliza defendida por Armindo. Vitor Real e João Pacheco dispõe de duas oportunidades para marcar mas ambas não sutem efeito.
Na segunda parte do encontro, o Rosairense entra com tudo, para chegar o mais depressa à vantagem mínima. Ao minuto 18’, Jorginho à no interior da grande área, recebe e remata para o golo. Ao minuto 23  Valter Tairo em posição irregular recebe na direita e num lance cruzado bate Armindo. Mesmo assim, o Rosairense tenda chegar à desvantagem mínima, até que ao minuto 40 Daniel Antão, recebe pelo lado esquerdo e desfere um remate em arco que entra no ângulo esquerdo da baliza de Nuno Pinoia. O Rosairense volta a carregar e dispõe ao minuto 46 de uma chance dupla para marcar em sucessivos lances que o Guardião forasteiro sempre se opôs com grande mestria.
Arbitragem muito tensa num jogo que não teve nenhuma dificuldade, orientada pelo Sr. Edgar Ramos, auxiliado por Tiago Cordeiro e Manuel Santos, este ultimo precisa claramente de se preparar melhor para ajuizar as situações dentro do rectângulo de jogo.

O Milfontes passou num campo muito difícil contra uma boa formação que em nada facilitou o trabalho da equipa visitante, demonstrou argumentos de peso e certamente podemos contar com mais uma equipa assumir-se como candidata ao 1º lugar.

onze inicial

1 – Armindo

3 – Hugo

4 – Nuno Guerreiro

8 – Nuno Costa

10 – Zé Reis

11 – João Pacheco

15 – Vitor Real

18 – Valter Herlander

19 – Jorginho

21 – Pedro Pacheco

23 – Pedro Lança


Suplentes

5 – Lila

6 – Ruben Vaz

7 -  Daniel Antão (entrou aos 55 )
12 – Joel Reis

13- Christophe Costa (entrou aos 75' )
14 – André Costa (entrou aos 75' )

17 – Marcelo 














Sem comentários:

Publicar um comentário