quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

Rosairense de mão cheia













Pouco pública afecto ao Desportivo de Beja, dando uma imagem bem clara que os Bejenses estão de costas voltadas para com o Desportivo...a equipa da casa acabou por espelhar e intranquilidade do momento que atravessa. O Rosairense,com cerca de 50 adeptos a puxar, sem fazer uma grande exibição acabou por "enxovalhar" o emblema da Rua do Sembrano.

Na primeira parte , o Rosairense limitou-se a perceber o que a equipa Bejense iria fazer, ou neste caso não fazer. É que a apatia era tanta que nem uma nem outra equipa conseguiram mostrar jogadas capaz desse nome. Registe-se o golo obtido por Vítor Real que pelo lado direito coloca a bola no interior da baliza defendida por Garrett.

Na segunda parte, o Rosairense coloca o pé no acelerador e forma moderada,  acaba por  facilmente alcançar a baliza contraria, fazendo mais quatro golos e dando-se ao luxo de falhar um penalti. A equipa do Desportivo conseguiu fazer três remates à baliza defendida por Armindo. Espelhando a falta de  ligação entre sectores.

 Boa Arbitragem de Rúben Rochinha , José Tomé e Octávio Inácio.





Sem comentários:

Publicar um comentário