quinta-feira, 10 de fevereiro de 2011

Empate justo
















Grande grande jogo foi aquele que opôs Serpa e Rosairense, bancadas bem compostas de público, um dia solarengo e muita vontade de ambas as equipas de somarem três pontos.

Entrou melhor o Serpa, que nos primeiros minutos tentou chegar Ao golo, mas uma vez mais o contra ataque do Rosairense deu fruto pela ala direita, co9locando a bola em Barradas e concretizando o primeiro para a equipa do Rosário. Seguiu-se uma sucessão de lance que poderia ter aumentado o score para a equipa de David Guerreiro,mas pela frente encontrou um guardião à altura.No segundo tempo os papeis inverteram-se, o Serpa entrou decidido a a mudar o rumo dos acontecimento e pressionou bastante o Rosairense, que conseguia defender todos os lances de ataque, onde Armindo foi outro muro quase intransponível. Ao minuto 82, Delgado consegue desferir um potente remate à queima roupa não dando qualquer hipótese de defesa a Armindo. Após o empate o Rosairense dispôs de dois excelentes lances para golo um por Jorginho na cara do Guarda redes do Serpa e outro por Vítor Real que leva a bola à trave.

Jogo muito bem disputado no seu todo, onde o empate se ajusta face ao futebol produzido por ambos os conjuntos.

Boa arbitragem de Ricardo Diogo, Luis Cesario e José Sá.


















Sem comentários:

Publicar um comentário