terça-feira, 26 de outubro de 2010

Boa entrega











O Rosairense tomou a iniciativa de jogo frente ao Castrense, até se mostrou bastante lutador conseguindo algumas incursões pelo lado esquerdo. Mas Durou 20 minutos. Pouco a pouco o Castrense foi saído do seu “casulo” e foi se estendendo no terreno jogando sobretudo pelas faixas laterais. Foi numa bola parada que o Castrense acabou por chegar ao golo minuto 20. Antes de finalizar a primeira parte, nasce o segundo golo fruto de um canto. Na segunda parte o Rosairense tentou o golo quer pelo miolo quer pela  ala esquerda, já que o lado direito praticamente não existiu. O Castrense ia sempre tentado aumentar o marcador, mas quer Armindo quer Nuno e Hugo , sempre se opuseram com grande valentia .Ao minuto 75, um lance de contrata- ataque, nasce o terceiro golo do Castrense .  Justo vencedor, demonstrou grande poderio em todos os sectores e sobretudo apresentou colectivo. Do lado do Rosairense viu-se uma equipa bastante batalhadora, sempre em busca do golo jogando de igual para igual com um candidato sem nunca se dar por derrotado.

A arbitragem chefiada pelo Sr. Dário Dias demonstrou-se segura e imparcial nas decisões tomadas.

Sem comentários:

Publicar um comentário