quarta-feira, 25 de novembro de 2009

MAIS DO MESMO, ROSAIRENSE A JOGAR, E OS OUTROS A MARCAREM


Bom tempo em Pias, relvado em boas condições. Jogo equilibrado com o Piense a jogar no contra-ataque, e o Rosairense a jogar em ataque organizado.Ao minuto 10, jogada rapida pelo lado direito do ataque do Pias, depois de alguma confusão, Nuno Daniel não consegue cortar o cruzamento para a área, onde aparece um jogador do Pias vindo de trás a rematar cruzado sem hipótese para o guarda redes Belo.

O Rosairense foi à procura da igualdade, igualdade essa, que esteve bastante perto de acontecer em duas situações quase seguidas, uma por Nuno Daniel, que desferiu um remate fortíssimo com a bola a embater com estrondo na barra. E outra por Juelson, que num cruzamento largo de Daniel ao segundo poste, cabeceia para a baliza, com um jogador do Piense a tirar a bola em cima da linha de golo. O Rosairense instalou-se na metade ofensiva do campo. Mas, como quem não marca, acaba por sofrer….Seria o Piense a chegar ao segundo golo, canto a favor do Rosário, a defesa do Piense corta a bola, e novamente pelo lado direito do ataque, numa jogada de contra-ataque, a apanhar a equipa doRosairense completamente descompensada, Vitor Real com grande passividade, a deixar o avançado do Piense dominar a bola a seu belo prazer, e depois em superioridade atacante, faz o cruzamento para o lado esquerdo onde aparece sozinho um jogador da equipa da casa a cabecear para o 2-0,por volta dos 33 minutos.Um golo contra a corrente do jogo, mas a premiar a eficácia de finalização da equipa do visitada, e a castigar a perdulária acção atacante do Rosairense.

Ao intervalo, Pedro Camões a fazer duas substituições, com Vítor Real e Marcelo, a ficarem nos balneários, e a entrar Filipe e Christophe.O Rosairense entra com vontade de dar a volta ao resultado, sempre com o domínio do jogo, a encostar o Piense à sua área, e a obrigar ao pontapé para a frente. Só em contra-ataque oPiense chegava perto da área de Belo Ao minuto 60 , nova bola a embater no ferro superior da baliza do Pias, após livre de Juelson batido do lado direito, com a bola a sofrer um desvio por parte de um defesa, e a embater na barra. Destaque ainda para grande saída de Belo, aos pés do avançado do Piense, quando este se preparava para fazer o terceiro golo.

O Rosairense fica pelo caminho na Taça de Distrital por culpa própria, tal é a má qualidade da sua finalização. Pois cria inúmeras oportunidades, as quais não consegue concretizar.

A nível de arbitragem, pode se considerar um trabalho regular sem qualquer influencia no resultado final.


Vídeo

Sem comentários:

Publicar um comentário