quinta-feira, 11 de outubro de 2012

Vitoria do querer



Jogo muito dificil frente a um rival valioso como era o caso do Piense. Vinha de uma grande vitoria diante do Milfontes. O Rosairense também vinha de uma boa exibição na Cabeça Gorda. Mas ficou sem treinador na semana antecedente. O que supostamente seria um problemas para o plantel do Rosario.

Numa tarde bem quente, o Rosairense entrou bem na partida mas num lance de experiencia bate isola-se e frente ao guarda redes, falhou o primeiro golo, O Piense  avancou no placard fruto de uma vantagem numerica, fazendo o primeiro golo. Neste momento, Rosairense andou um pouco perdido, podendo ter sofrido o segundo golo, mas João Pacheco chegou ao empate em cima do intervalo. Na segunda parte o Piense entrou melhor, em poucos minutos chegou de novo à vantagem. A partir deste momento. O Rosairense começou a dominar o meio campo e o rumo do jogo. Perto do minuto 70 Pedro Pacheco no interior da area desfere um potente remate faturando assim o empate para o Rosairense. O Piense, baixou as linhas e ressentiu-se a nivel fisico. O Meio campo do Rosairense abriu espaços para os alas penetrarem no interior da grande area, onde ao minuto 85 João Pacheco aproveitou para chegar à vantagem por 3-2.

Grande exibição de toda a equipa, demonstrado grande sentido coletivo. Onde José Reis e Nelson Horta fizeram a diferença. Destaque para o hat- trick alcançado por João Pacheco.
Arbitragem exemplar de Rubem Rochinha e seua auxiliares.










Sem comentários:

Publicar um comentário